sábado, 23 de fevereiro de 2013

Minha primeira aula em 2013

A pedido da Sec. de Educação da cidade, os dinamizadores de Sala de Leitura e Arte nessa primeira semana de aula, devido à falta de grande número de professores por causa de mudança de governo e da nova matriz curricular(que estabelece a necessidade de mais de um professor por turma), ficaram com turmas até que a situação fosse resolvida.
Então, fiquei com duas turminhas de 1º ano que estavam sem o professor de Ciências, Geografia e História.
Veja o meu plano para a minha primeira aula com os pequetitos:
 
Tema: O valor da amizade.

Justificativa: A violência e a falta de diálogo tem sido uma constante nos relacionamentos dos nossos alunos, sendo assim, é importante criar um momento de reflexão sobre estas questões. A história “O Dono da Bola” de Ruth Rocha nos permitirá perceber que o diálogo e o arrependimento podem e devem fazer parte do nosso círculo de amizade.

Objetivos:
* Refletir sobre a importância de ter amigos;
* Valorizar a amizade:
* Questionar o nosso comportamento no grupo de amigos;
* Saber que errar é humano mas persistir no erro, não é legal. 

Cronograma: 1ºdia de aula

Recursos - Materiais:
·         Livro “Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias” – Ruth Rocha
·         Folhas A4
·         Canetinhas, lápis de cor
·         Cartaz com imagem do personagem principal da história
·         Bola

Recursos humanos: Somente o professor e os alunos.

Desenvolvimento:

1ª atividade:
  • Roda de conversa: cada um se apresenta dizendo o nome e uma coisa que gosta muito.
  • Debate prévio sobre o que pode ser a história, através da leitura da imagem do cartaz com a figura acima.

2ª atividade:
  • Leitura da história(sem as ilustrações)

3ª atividade:
  • Análise do texto feita na forma de conversa informal e descontraída.
Personagens:
*       Nome do menino que era considerado o dono da bola? Carlos Alberto
*       Ele tinha apelido? Qual era? Sim.Caloca.
*        Como era o jeito dele? Ele queria que tudo fosse feito da maneira dele, senão, ele não emprestava a bola. Ele era egoísta.
Enredo:
*         Vocês acham que a história está querendo nos passar alguma mensagem? Se sim qual? É melhor ter amigos e dividir as coisas com eles, do que ficar sozinho.
*        Qual a parte do livro que mais chamou sua atenção? Pessoal.
*       Qual foi a parte da história que vocês acharam que o Caloca iria sentir falta dos amigos? Pessoal.
*       Qual era a parte do corpo que Caloca mais colocava a bola? A mão.
4ª atividade:
  • Desenhar o dono da bola em metade de folha A4.

5ª atividade:
  • Jogo “Batata quente” para descobrir quem é o dono da bola(vencedor).

6ª atividade:
  • Dinâmica: Troca de presentes.
*       Distribuir papel, lápis de cor e canetinhas aos alunos.
*       Solicitar que façam um desenho para retratar a importância da amizade.
*       Explicar que cada desenho se transformará em um presente para o colega que acabou de conhecer.
*       Promover a troca de desenhos e abordar a importância de fazer novas amizades.


Minha 2º aula para o 1º ano: Identidade - Nome


Iniciei a aula com a leitura deleite do livro "Rumpelstichen" da editora Cedic.
Perguntando a eles sobre qual história eles achavam que seria contada, uns disseram Pinóquio, outros, a Bela Adormecida.
Eles ficaram bem interessados com o nome do livro, por causa da sonoridade.
Algumas pessoas acham, que por uma história ser um pouco mais comprida, há a necessidade de reduzi-la, porém, se você ler a história com entonação, suspense e interesse, as crianças prestam atenção sim. É muito importante as crianças terem acesso a um vocabulário rico desde cedo.

Depois disso, distribui uma fichinha rosa para as meninas e uma verde para os meninos. Cada criança teve que escrever o seu nome na fichinha. Depois, montamos o gráfico e fizemos as observações juntos.
 Depois os alunos fizeram mais esta abaixo:

Minha 3ª aula para o 1º ano em 2013 - Identidade

A atividade do dia foi essa:

Após fazerem a atividade com capricho, as crianças que foram terminando foram para o cantinho da leitura, tendo contato com os livros, compartilhando com os colegas.


domingo, 17 de fevereiro de 2013

Nossas escolhas e suas consequências


"Eis que venho sem demora; 
Apocalipse 3:11a"

Se um filho adulto quiser por escolha própria seguir por um caminho de morte, o pai não poderá impedi-lo, mesmo que o AME.
Tanta gente irá para o inferno porque não quer seguir os caminhos de Deus que levam a vida, para seguir a caminhos de morte causados pelo pecado.
No fundo, no fundo, nossa consciência sabe o que é certo e o que é errado, mas tanta gente prefere continuar no erro, afinal, PECADO É BOM PRA ALIMENTAR A CARNE.
A carne é mortal, o espírito permanece para sempre.
O erro de muitos é não preparar uma bela casa espiritual para poder morar quando o fôlego de vida por aqui acabar.
Fico triste em ver tantos que eu conheço decidirem seguir o pecado.
Mas Deus nos fez livres para fazermos as nossas próprias escolhas.
Cada um que faça a sua.

  
"Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. 
E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei. 
Apocalipse 3:3"